Aprenda Mais Rápido!
Ficha de Avaliação de Vinhos
Receba agora nossa ficha e comece a avaliar seus
vinhos com os amigos de forma profissional!
Baixe agora. É grátis!
Quero receber a ficha de avaliação grátis!
Não, obrigado.

Bem, essas são dicas baseadas na minha humilde experiência de vida e nos mais de 5 anos de ressaca de vinho. Sinta-se livre para usá-las da forma que você bem entender. Mas prometo que eu não estava sob efeito quando escrevi este texto.

A intenção é que você consiga perceber vestígios de que o que você tem na mão são linhas de vinhos de maior valor agregado, ou seja, em teoria, de melhor qualidade. Faça bom proveito das dicas, e depois me conte o que você achou!

1) O preço, obviamente. Vinhos premium geralmente não custam menos que 30 reais.

vinho com lacre de plastico2) Preste atenção no lacre que envolve o gargalo da garrafa. Quando uma garrafa possui lacre plástico, isso nos diz que o cuidado com a garrafa não foi tão grande, ou seja, o cuidado com o vinho também não. Lacres de metal estão presentes em quase todos os vinhos de boa qualidade. Mas preste atenção que eu estou falando do lacre ou “cápsula”, como é mais conhecida, e não de screw cap – as tampas de rosca metálicas. Os lacres de metal podem ser de alumínio ou de ligas de metais, como estanho e chumbo, por isso remova a cápsula com cuidado para que o vinho não passe sobre esses metais – que são tóxicos.

3) Perceba o material em que o rótulo foi impresso. Cores douradas ou prateadas podem indicar maior custo na produção do rótulo – o que indica um vinho de melhor qualidade. Rótulos de papéis porosos, com relevos e foscos também indicam papéis de custo maior.

4) O formato da garrafa e a espessura do vidro. Atualmente existem vários tipos de garrafas para vinho, algumas bastante utilizada para algumas variedades como Pinot Noir e Syrah (teremos uma postagem sobre isso no futuro). As garrafas com os “ombros” um pouco mais largos que a base costumam mostrar maior cuidado com o vinho, ou seja, de melhor qualidade.

tipos de garrafasO cuidado que as vinícolas têm com as linhas premium é bastante visível. Basta pegar uma dessas garrafas nas mãos, vai desde o formato da garrafa utilizada ao material do lacre, como vimos. Os vinhos destas linhas tem escala infinita, chegando ao melhor que cada vinícola pode produzir de acordo com o que tem. Existem vinhos, inclusive, que só são feitos de safras excepcionais – quando o enólogo percebe que tem uma safra ótima e pode chegar a qualidade que almeja. Entre outras variáveis, temos as uvas, terroir, idade das videiras, etc.

Onde encontrar?

Muitas vezes esses vinhos não chegam a grandes redes de supermercado e precisam ser encontrados em lojas especializadas. Vale a pena uma busca.

Pra não esquecer:

É importante lembrar que até mesmo as vinícolas famosas no Brasil por estarem em todas as prateleiras de mercado possuem estas linhas premium. Exemplos: Cabernet Sauvignon Millésime, da Aurora, um excelente vinho. Aurora Pequenas Partilhas, com excelentes vinhos a custos acessíveis, e o conhecido Lote 43, que só é produzido em safras excepcionais, da Miolo.

De forma alguma eu recomendo que você escolha um vinho baseado apenas nas dicas que eu dei acima. Sempre dê valor ao que a vinícola põe no rótulo e contra rótulo. Não deixe de ler e fazer sua própria escolha. Vá juntando informações de blogs, de livros, de opiniões de conhecidos, e forme uma opinião de compra. Eu recomendo imensamente que você vá experimentando tudo o que puder. Mas quero facilitar sua vida, por isso dei as dicas acima, que aprendi com muito tempo!

Quer conhecer mais sobre o assunto? Leia as outras postagens desse nosso guia!

  1. Parte 1: Vinhos Baratos ou Vinhos de Entrada, O Que São?
  2. Parte 2: 4 Dicas Para Você Reconhecer Linhas Superiores de Vinho (este artigo)

  3. Parte 3: O que é Vinho Reservado, Reserva, Gran Reserva e Outros

Espero que tenha ajudado! 🙂