O que é um vinho de boutique?

0

No universo do vinho, muitas expressões acabam surgindo em decorrência de toda história desta que se tornou uma das bebidas mais apreciadas no mundo. Entretanto, muitas pessoas não conhecem o significado e surgimento de determinados termos. Vamos aprender o que significa um vinho de boutique?

Por esta razão, o post de hoje tem por objetivo responder à seguinte pergunta: O que é um vinho de boutique?

Como surgiu a expressão vinho de boutique?

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que o termo vinho de boutique também é sinônimo de vinho de garagem.

A expressão vinho de garagem tem sua origem na cidade de Bordeaux, na França, na década de 90. Seu uso é empregado para vinícolas pequenas e vinhos produzidos em pouquíssima quantidade e com alta qualidade.

Estas vinícolas geralmente eram construídas em pequenas garagens, por esta razão, a expressão vinho de garagem.

Pelo fato desses minúsculos locais produzirem vinhos altamente diferenciados, esta produção em espaços e escalas pequenas ficou conhecida também como vinho de boutique. O termo também é usado para um processo produtivo quase artesanal.

O que caracteriza um vinho de boutique?

Um dos principais aspectos que caracterizam um vinho de boutique é a produção limitada. Ao contrário das vinícolas que produzem em grande escala, os pequenos produtores deste tipo de vinho investem muito mais tempo e cuidados no tratamento da uva, sem que sejam necessários processos “mirabolantes” de vinificação.

Além disso, os pequenos produtores evitam manipulações ou uso de pesticidas e aditivos. Tais características fazem com que o vinho mantenha suas peculiaridades naturais.

Desta maneira, o vinho de boutique tem por objetivo proporcionar aos amantes da bebida uma experiência única.

Como funciona uma vinícola de boutique?

De forma geral, as chamadas vinícolas de boutique, buscam manter um sistema de produção menos mecânico e envolvem menos pessoas, preocupando-se muito mais com a qualidade que com a quantidade produzida.

Geralmente a administração do negócio fica sob a responsabilidade dos proprietários, familiares e alguns poucos funcionários, onde todos trabalham conjuntamente em cada etapa da produção do vinho.

Este trabalho envolve o cultivo do solo, os cuidados com a uva (desde a plantação até a colheita), vinificação etc.

Alguns desses produtores também vendem parte de sua produção para vinícolas maiores. Porém, por amor à elaboração dos vinhos, mantém marcas próprias com produtos de melhor qualidade.

Algumas pessoas chegam a dizer que os produtores do vinho de boutique são comparados aos poetas, transformando todo processo de produção de vinho numa bela relação de amor.

Já ouviu aquele ditado de que os melhores perfumes estão nos menores frascos? Pois é. Esta lógica se enquadra perfeitamente bem nas vinícolas de boutiques.

O intuito é produzir menores escalas com altíssimo nível de qualidade, sendo alguns exemplares quase que únicos. Isso acaba tornando este tipo de vinho uma autêntica obra de arte feita de forma quase que artesanal – uma verdadeira poesia para o paladar de quem aprecia as delícias do vinho.

E apesar do termo ter surgido em Bordeaux, não se engane, no Brasil há algumas vinícolas boutiques que produzem excelentes vinhos!

O que achou do vinho de boutique? Compartilhe conosco sua opinião e continue acompanhando nossas publicações.

É sempre um prazer oferecer cada vez mais informações e curiosidades sobre uma das bebidas mais consumidas no mundo. E convenhamos, uma das mais saborosas também.

Sobre o Autor

Já quis ser advogado, juiz e economista. Tenho 23 anos. Técnico em Vitivinicultura. Estudante de Engenharia Química, sendo que no decorrer do caminho descobri que serei vitivinicultor.

Comentários fechados.

Mais vinho, por favor!

Assine
e receba
GRÁTIS
dicas sobre vinhos

Divirta-se com uma taça!
ASSINAR
close-link
ASSINAR O BLOG
Shares
Share This