Como harmonizar vinhos e queijos?

0

Vinhos e queijos são uma combinação extremamente tradicional, entretanto, aparentemente ainda há várias pessoas que não estão certas sobre qual a melhor maneira de fazer tal combinação. Este artigo foi feito para esclarecer isso.

Primeiro, existem duas maneiras principais de fazer essa combinação; por região e por gosto.

A combinação por região é frequentemente usado por causa do antigo ditado, “o que cresce junto, vai junto!”.

A “ciência” por trás desse ditado é que o solo onde crescem as uvas para fazer o vinho deve estar na mesma localização onde se cultiva a grama que as vacas leiteiras da região usam para se alimentar. As mesmas vacas que são usadas para a produção do queijo.

Para combinar por gosto existem algumas diretrizes a serem consideradas, mas sinta-se livre para discordar, afinal, o gosto sempre será pessoal e individual.

Geralmente, quanto mais forte for o queijo que você quer escolher, mais complexo dever ser o vinho que você vai escolher.

Os vinhos de sobremesa (doces) e frutados tendem a serem melhores com uma maior variedade de queijos, onde os mais secos provavelmente só combinarão com alguns queijos selecionados.

Os vinhos brancos geralmente combinam com queijos macio. Quanto mais duro for o queijo, mais complexo o vinho deve ser. Essa dica também serve para cor. Queijos claros com vinhos mais simples.

Para ajudá-lo a começar, aqui vai uma lista de algumas das combinações de queijos e vinhos mais comuns:

  • Cabernet Sauvignon e Camembert;
  • Chardonnay e Gruyere;
  • Shiraz e Cheddar;
  • Chianti e Mozzarella;
  • Champagne e Brie;
  • Pinot Noir e Porto Salut;
  • Riesling e Gouda.

Experimente com diferentes queijos: a maneira mais divertida de descobrir quais queijos vão com certos vinhos é fazer seu próprio teste.

Ao aprender por si mesmo, em breve você terá a certeza de quais tipos de queijo são mais prováveis, de complementar os vinhos que você possui. Como a gente sempre fala, a melhor forma de aprendizagem no mundo do vinho é pela comparação.

Pergunte ao vendedor de vinho quais queijos aqueles vinhos combinam. Bons vendedores sempre saberão lhe indicar queijos para harmonizar com seu vinho.

É parte do trabalho do consultor ou sommelier, portanto, não tenha vergonha. Peça ao seu comerciante de vinho, vinhos para combinar com queijos específicos e veja o que você acha.

Antes de qualquer degustação de queijo e vinhos ou antes de servir no jantar, certifique-se de tirar o queijo da geladeira para obter o máximo do sabor. Para os seus vinhos, como regra geral, os brancos são melhores se refrigerados e os tintos são melhores se guardados fora da geladeira e deixados respirar antes do consumo.

No entanto, um vinho tinto resfriado pode ser muito refrescante, especialmente no verão. Esse pode se adequar a um queijo como Edam ou Gouda.

Mas lembre-se, o mais importante é que você aproveite o seu vinho e queijo, por isso, se você preferir um queijo forte com um vinho branco delicado… faça sem pensar duas vezes!

Algumas dicas para melhor degustação

  • Suas amostras de queijo são melhor servidas à temperatura ambiente. Mantenha-as refrigeradas até cerca de uma hora antes de servir.
  • Prepare o seu queijo em pequenas cunhas para melhor apresentação.
  • Sirva vinhos nas temperaturas corretas.
  • Abra seus vinhos, especialmente os vermelhos, cedo, então eles terão tempo suficiente para respirar antes do consumo.
  • Pode ser divertido para seus convidados e eles aprenderão algo se você preparar rótulos para os diferentes tipos de queijos que você está servindo.

Tentar decidir que queijos harmonizar com certos vinhos pode ser muito confuso. Por toda parte, você pode dar de cara com alguma informação que sugere algo diferente do que você achava ser o correto. Mas não precisa ser tão difícil.

Vinho e queijo servidos juntos é algo muito tradicional e muito popular porque eles trazem o melhor um do outro.

O queijo é considerado um limpador de paladar e ajuda o bebedor de vinho a aproveitar cada gole do mesmo.

Muitas vezes, um pequeno pedaço de queijo é recomendado entre cada gole do seu vinho favorito para melhorar o sabor e aumentar a diversão.

Alguns queijos até fornecem um revestimento para a paladar que ajuda a proporcionar uma nova sensação de sabor com cada gole.

Conclusão

No geral, as supostas regras para harmonizar queijos e vinhos não passam de recomendações gerais, a escolhe final irá recair em suas mãos.

Essas “regras” são ótimas para serem seguidas se você quiser harmonizar queijos e vinhos para algum tipo de evento, mas se você só está procurando a melhor combinação para o seu paladar, o melhor a ser feito é usar o método tentativa e erro.

Sobre o Autor

Finalista da copa Vinhos do Brasil 2014 realizada pelo IBRAVIN. Colaborador da revista Clube do Champagne. Wine-junkie certificado. Passo meus dias entre vinhedos, escritórios e mesas de bar. Tin-tin!

Envie uma resposta

Mais vinho, por favor!

Assine
e receba
GRÁTIS
dicas sobre vinhos

Divirta-se com uma taça!
ASSINAR
close-link
ASSINAR O BLOG
Shares
Share This