Postagens populares neste assunto

Não há postagens relacionadas

17 Comentários. Deixe novo

  • Marcos Marcon
    ana maria blanco fernandez
    22 nov, 2019 13:13

    Parabéns, adorei ler este artigo, muito esclarecedor e gostaria de saber se é possível saber a quantidade de tanino pelo rótulo.

    Responder
    • Oi Ana!

      Infelizmente não. A legislação não pede que essa informação esteja no rótulo. E particularmente, acho algo muito difícil de se controlar pra mensurar exatamente a quantidade de tanino em um vinho. São dezenas de variáveis que podem aumentar ou reduzir a quantidade de tanino em um vinho. Desde a variedade da uva, como foi a safra, se teve muitos períodos de sol e de chuva, como foi colhida essa uva, se manualmente ou mecanicamente, quanto tempo a casca ficou em contato com o mosto, e por aí vai… É uma ciência complexa! haha

      Desculpe por não conseguir te ajudar mais!

      Grande abraço!
      Marcos Marcon
      Editor
      Vem da Uva

      Responder
  • Sua explicação foi excelente!!!

    Responder
  • Marcos Marcon
    Edna Vieira
    20 ago, 2019 21:02
    Responder
  • Marcos Marcon
    Edson de Andrade
    5 mar, 2019 23:49

    Valeu Marcos, foi de grande valia essa explicação. Abraço.

    Responder
  • Depois de tomar duas garrafas de vinho, minha boca está seca faz duas semanas. O que vc indica para parar essa sensação?

    Responder
    • Oi Barbara! Bem, talvez eu não seja a melhor pessoa para te ajudar.

      O álcool desidrata muito, porém a sensação de boca seca já deveria ter passado em no máximo dois dias, caso você tenha se hidratado corretamente nos dias após beber o vinho. Pode ser um caso de hipersensibilidade a algum componente do vinho que você bebeu.

      No seu caso, aconselho uma consulta médica pra ver se está tudo ok. Um otorrino pode te ajudar. Considere a possibilidade caso a sensação não cesse mesmo bebendo muita água. Duas semanas já é tempo suficiente para o seu corpo retornar ao normal e os tecidos e mucosas do interior da boca já terem, também, se recuperado, por mais agressivo que possa ter sido o vinho…

      Marcos.

      Responder
  • Marcos Marcon
    Robert Ferreira
    15 jan, 2019 17:53

    Quanto mais leio seu blog, mais tenho vontade de conhecer sobre vinho. Amo sua escrita! Muito fácil de entender, gostosa de ler.
    Obrigado ^^

    Responder
    • Obrigado Robert! Comentários como o seu dão mais vontade ainda de sentar e escrever novas postagens! Muito obrigado mesmo por tirar um tempinho do seu dia e deixar esse comentário! <3

      Responder
  • Marcos Marcon
    HÉLIO SIMPLICIO RODRIGUES MONTEIRO
    29 dez, 2018 21:47

    Excelente matéria, riqueza de informações, vou agora degustar um Cabernet Sauvignon e tentar perceber a presença do tanino. Obrigado.

    Responder
  • Ótimo. Esclareceu bastante. Obrigada

    Responder
  • Marcos Marcon
    Ricardo Silva
    4 dez, 2018 11:53

    Excelente apresentação Marcos, resumida, objetiva e muito bem explorada!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu
Cadastre-se e Aprenda
Sobre Vinho Grátis!
Toda semana você recebe as melhores aulas e postagens de forma gratuí­ta no seu e-mail! Sem pagar nada por isso.
ASSINAR
Aproveite! Em breve nossos cursos serão exclusivos para assinantes!
close-link