Aprenda Mais Rápido!
Receba Nossa Ficha de Avaliação
E comece agora mesmo a avaliar seus vinhos
com os amigos de forma profissional!
Deixe seu e-mail e tenha acesso gratuíto agora mesmo!
Quero receber a ficha de avaliação grátis!
Não, obrigado.

Ainda que poucas pessoas saibam, algumas curiosidades sobre o vinho Merlot são essenciais para entender melhor sobre vinhos, ajudando bastante na hora de escolher e sobretudo apreciar esta bebida mundialmente conhecida. Quer saber quais são elas?

1. O Brasil se destaca na produção deste vinho

Embora alguns amantes dessa bebida deem preferência para o Merlot produzido no Chile e na Argentina, é importante enfatizar que os brasileiros começam a aparecer entre os mais notáveis do mundo.

Inclusive, uma região localizada no Rio Grande do Sul, conhecida como Vale dos Vinhedos, desenvolveu regras específicas quanto ao cultivo e armazenamento desse tipo de vinho. Isso fez com que o Merlot nacional virasse uma referência mundial em qualidade.

2. Esta uva possui uma versão branca

Ainda que muitos apreciadores do vinho desconheçam esta informação, a uva Merlot possui uma variação branca.

Pelo fato de ela não ser tão utilizada quanto a tinta, são raríssimos os produtores que se dedicaram ao cultivo da Merlot branca. No Brasil nós temos um exemplar, da Vinhos Dunamis.

3. É utilizado na fabricação de espumantes

Pelo fato de a uva Merlot contribuir para equilibrar a acidez, fator essencial para tornar o vinho mais palatável, esta uva é bastante utilizada para elaboração de espumantes, sendo considerada uma excelente alternativa aos produtores que visam melhorar a qualidade sem grandes impactos nos custos.

4. De renegada a elegante popular

Do século 18 até meados do século 20, esta uva era quase que renegada na França, sendo conhecida apenas como “mais uma uva tinta”.

Entretanto, mais precisamente ao final do século 20, este tipo de uva ganhou grande notoriedade nos países pertencentes à América do Sul e nos Estados Unidos, fazendo com que a Merlot se tornasse reconhecida como uma uva elegante que se tornou popular.

5. O nome foi inspirado em um pássaro

O nome da Merlot foi inspirado em um pássaro bastante comum na região de Bordeaux, chamado de Merlo.

O motivo disso é que este pássaro possui uma cor profunda e escura (tal como a uva em questão).

6. A França é a maior produtora

Embora esta uva tenha se espalhado pelo mundo, a França se mantém como principal país produtor, sendo responsável por cerca de dois terços da produção mundial de Merlot.

Os principais locais onde o cultivo desta uva é feito em grande escala pelos franceses consiste nas regiões de Pomerol e St.Émillion.

Os demais países que se dedicam ao cultivo desta uva, embora ainda não ocupem a liderança, reservam grandes espaços exclusivamente destinados à Merlot, demonstrando como ela se tornou indispensável.

7. Uva versátil

Uma das principais razões pelas quais esta uva tornou-se tão popular, trata-se da versatilidade. O que isso quer dizer?

Em outras palavras, a Merlot permite a elaboração de vinhos mais leves, jovens e delicados como também de vinhos mais encorpados, mantendo elevado padrão de qualidade nos dois casos.

A diferença quanto à obtenção do resultado reside no tempo de armazenamento. Quanto mais tempo o vinho desta uva fica armazenado, mais encorpado ele se apresenta.

Embora muitas pessoas não saibam disso, um vinho Merlot pode chegar ficar até 50 anos armazenado.

8. O vinho perfeito para o inverno

Por se tratar de uma bebida que harmoniza muito bem com comidas mais calóricas como massas, churrasco, comida mexicana, queijos, embutidos etc, o Merlot é o vinho perfeito para ser servido nas noites de inverno, agradando todos os convidados para um jantar especial.

9. Preços acessíveis

Obviamente, o preço de todo tipo de vinho depende de uma série de fatores. Com o Merlot não é diferente. Embora algumas garrafas cheguem a custar o valor de R$4.000,00, graças aos avanços na tecnologia e aperfeiçoamento dos métodos de cultivo, os produtores conseguem colocar no mercado vinho de excelente qualidade com preços que variam entre R$28,00, R$50,00, R$80,00 ou R$120,00 por garrafa.

10. Rápida maturação

Um dos pontos que fazem com que a Merlot seja uma uva de fácil cultivo se comparada às demais, trata-se da rapidez com a qual ela amadurece.

Com isso, é possível que os produtores tenham um bom rendimento na colheita, o que favorece o preço mais acessível para a população e geral.

11. Parceria com o Cabernet Sauvignon

Embora essas uvas tenham características diferentes, a correta harmonização delas proporciona excelentes resultados para a qualidade dos tintos, favorecendo o equilíbrio da acidez, dos taninos etc.

Além disso, a cor viva da Merlot contribui para conferir uma coloração mais intensa aos vinhos tintos, sendo por esta razão muito utilizada para produção dos chamados vinhos de corte (bebidas produzidas pela combinação de 2 ou mais uvas).

12. A Merlot é uma das poucas uvas com Denominação de Origem no Brasil

No Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, a Merlot recebeu o reconhecimento de uma Denominação de Origem. Assim, alguns vinhos Merlot da região tem o que chamamos de DO.

Para ser aprovado e receber o selo DO o produtor precisa submeter amostras da safra de forma prévia. Um comitê irá analisar e ver se o vinho se enquadra em todas as exigências para receber do selo DO.

Gostou dessas curiosidades sobre o vinho Merlot? Pronto (a) para escolher a próxima garrafa? Compartilhe comigo suas experiências e não deixe de ficar de olho nas próximas dicas sobre a “bebida dos deuses”. Elas farão toda diferença para que você surpreenda cada vez mais.