Aprenda Mais Rápido!
Ficha de Avaliação de Vinhos
Receba agora nossa ficha e comece a avaliar seus
vinhos com os amigos de forma profissional!
Baixe agora. É grátis!
Quero receber a ficha de avaliação grátis!
Não, obrigado.

O projeto Vinhas Velhas, provém da iniciativa da Miolo em elaborar esse vinho a partir de vinhas de Tannat, localizados na Campanha Gaúcha. Originalmente, esses vinhedos foram implantados pela Almadém, vinícola que foi incorporada à Miolo Wine Group há alguns anos atrás.

Este vinho faz parte da linhas de vinhos premium da Miolo, como o Miolo Terroir, por exemplo. Talvez por isso, altas expectativas foram criadas, e, no entanto, a degustação desse vinho foi conduzida às cegas! Ou seja, surpresas surgiram!

Nossa visão sobre o Tannat Vinhas Velhas 2011

Sobre o Tannat Vinhas Velhas 2011, trata-se de um vinho com reflexos violáceos bem profundos. Indica que o vinho ainda tem tempo de vida.

Em relação suas características aromáticas, o vinho gritava aromas de baunilha, para mim, passou um pouco do ponto, talvez por tempo excessivo em barricas de carvalho. Contudo, em contraste, havia alguns aromas discretamente mentolados, com um leve frutado.

O Tannat Vinhas Velhas em boca

Em boca, um Tannat da Campanha Gaúcha só deveria se mostrar firme, presente! Foi o que teve-se, um vinho de taninos firmes, vivos, alta acidez, mas pecou pelo excesso de álcool, que deixou o vinho um pouco desequilibrado.

Recomendo que ao servir este vinho, decante-o por um bom tempo!

Harmonizando o Tannat Vinhas Velhas 2011

Carnes vermelhas grelhadas com bastante sal e algumas caças, com certeza serão os bons pares na harmonização com esse vinho.

Por coincidência o Vem da Uva atribuiu 81 pontos à este vinho, assim como o Testardi Syrah, também da Miolo, que você pode conferir a avaliação aqui!

E você, o que achou do vinho? Conte pra gente nos comentários.0101