Aprenda Mais Rápido!
Ficha de Avaliação de Vinhos
Receba agora nossa ficha e comece a avaliar seus
vinhos com os amigos de forma profissional!
Baixe agora. É grátis!
Quero receber a ficha de avaliação grátis!
Não, obrigado.

A memória olfativa é o que vai te possibilitar entender melhor o que você está sentindo. Por exemplo, eu tenho facilidade em perceber o que chamo de “grama cortada”, mas vivi boa parte da minha vida em sítio, interior.

Esse aroma está arquivado na minha memória olfativa. Sabe quando você quebra um galhinho de mato, um caule? É o que, pra mim, significa a “grama cortada”.

Pra você pode ser outra coisa que chega próximo desse aroma.

 

olfato

DICA PRA VOCÊ DESENVOLVER SUA MEMÓRIA OLFATIVA!
Passe a cheirar tudo o que você vê pela frente. Se você não faz a feira, passe a fazer ou acompanhe quem faz. Vá e sinta o cheiro de tudo. Preste atenção em cada aroma, de cada fruta. Cheire a madeira da mesa nova. Cheire a terra depois da chuva. Vá adicionando referências na sua memória olfativa. Isso vai diferenciar você dos outros que simplesmente replicam aromas que leram em alguma resenha de vinho. Seja original!

É importante saber que as memórias estão completamente ligadas as suas emoções, ou seja, boas sensações são gravadas com mais facilidade. Sensações que você teve na infância podem aparecer quando você for estimulado por aromas específicos, e tudo isso vai agregar valor a sua avaliação do vinho!

Estudos científicos mostram que o olfato é extremamente importante nas relações sociais, podendo interferir inclusive nas suas relações amorosas, nas amizades e na alimentação. O vinho não fica fora dessa interessante influência que recebemos em relação aos aromas que percebemos.

Já sabe, né? Se ficou dúvida, comenta aqui embaixo ou manda e-mail que eu respondo marcos@vemdauva.com.br.