Aprenda Mais Rápido!
Ficha de Avaliação de Vinhos
Receba agora nossa ficha e comece a avaliar seus
vinhos com os amigos de forma profissional!
Baixe agora. É grátis!
Quero receber a ficha de avaliação grátis!
Não, obrigado.

Na semana do Natal o Vem da Uva resolveu subir a serra e realizar algumas visitas, uma delas foi na vinícola Villaggio Bassetti, nascida em 2005 e estabelecida na cidade de São Joaquim – SC, no terroir de altitude da Serra Catarinense. Vem com a gente e vamos visitar a Villaggio Bassetti.

Recepção da Villagio Bassetti, onde depois da visita serão feiras as degustações.
Recepção da Villagio Bassetti, onde depois da visita serão feiras as degustações.

Antes de mais nada, sabe o que me chamou mais atenção? Ver a realidade da situação. É muito difícil que um viticultor, antes de ter sua primeira garrafa de vinho, já tenha todo o seu maquinário necessário. Vinícola construída perfeitamente, etc.

Os investimentos são altos, porque tudo tem valor alto na hora de montar uma vinícola. Grande parte dos maquinários precisam ser importados (transação em dólar), o que faz com que a situação exija um investimento planejado. E é o que reflete a visita a Villaggio Bassetti. Uma vinícola que nos traz excelentes vinhos e que os faz com os pés no chão.

Toda a construção da vinícola e implantação de maquinários é feita aos poucos, com passos bem medidos. E este é um dos pontos extremamente positivos da visita à Villaggio Bassetti. Ter a experiência de perceber um empreendimento em evolução.

Barricas na Villaggio Bassetti

Chegando na Villaggio Bassetti e o caminho até a área de vinificação

Ao chegar na recepção, você é encaminhado para onde vinificam-se os vinhos da empresa, para uma conversa com um de seus colaboradores responsáveis pela vinificação.

O que chamou atenção, aqui, é que o caminho entre a recepção e o galpão onde se vinificam os vinhos é feito de carro, e o mais interessante – ele é feito em meio aos vinhedos. Um caminho um pouco rústico, mas muito belo. Além das uvas você pode observar as belas araucárias no horizonte e montanhas que se desenham de forma não linear. No dia em que visitamos o sol de dezembro deixava tudo mais verde, o que foi um presente a parte. Fazia calor na Serra Catarinense.

terroir villagio bassetti

Chegando ao final do caminho, fomos recepcionados pelo Sr. Gustavo em um galpão que conta com alguns tanques de aço inox e o maquinário necessário para o processo de vinificação, passamos pela sala das barricas e conhecemos o método de engarrafamento e rotulagem utilizado por eles.

O Gustavo foi extremamente prestativo durante toda a visita e se mostrava empolgado em nos contar mais do terroir serrano, dos vinhos de altitude e de como cuidava de seus vinhos e safra.

Visitar a Villaggio Bassetti.

Pontos importantes da visita à Villaggio Bassetti

  • Foi lá que conheci a fermentação integral em vinhos tintos. É um método de vinificação que a uva é colhida, desengaçada e levada para fermentar em barris de carvalho.
  • Gustavo nos deu um bom panorama do mercado atual nacional, quais os problemas enfrentados pela vinícola e o porque do preço de seus vinhos, tudo isso de maneira franca e clara. Tornando a visita muito mais rica ao meu ponto de vista.

Visitar a Villaggio Bassetti.

Após conhecermos as instalações de onde o vinho é vinificado, voltamos para a recepção da vinícola para a degustação de alguns de seus vinhos, um ambiente agradável e charmoso, visto na foto no início do post.

Os vinhos degustados na Villaggio Bassetti

Vinhos da Villagio Bassetti degustados na visita

  • Villaggio Bassetti Sauvignon Blanc, um vinho muito agradável, bastante aromático, potente e fresco.
  • Villaggio Bassetti Dona Enny, um vinho da variedade Sauvignon Blanc, que leva o nome em homenagem a mãe dos fundadores da vinícola. A diferença em relação ao Sauvignon Blanc anterior é dada pela passagem em barris de carvalho francês de primeiro uso, fato que se não nos fosse dito, devido as suas características seria fácil a percepção.
  • Villaggio Bassetti Rosé, um vinho com uma coloração em tons de salmão, aromas agradáveis e na boca bem macio. Elaborado com as variedades de uva Merlot e Pinot Noir.
  • O tinto que conhecemos foi o Villaggio Bassetti Montepioli, corte bordalês tradicional das variedades Cabernet Sauvignon e Merlot, um vinho com aromas de frutas vermelhas maduras, e de gosto agradável.

Os vinhos que não fazem parte da degustação são o Villaggio Bassetti Primiero, varietal Cabernet Sauvignon, um vinho que promete elegância e potência. E que devido a sua garrafa que chama atenção pela imponência fez com que nós comprássemos um exemplar que logo estará no nossa seção de avaliações, aqui.

E também o vinho Selvaggio, também varietal Cabernet Sauvignon, fermentado através da ação de leveduras selvagens, de edição limitada em 300 garrafas numeradas à mão que não estavam a venda na vinícola, apenas na loja virtual.

Vinhedo da Villaggio Bassetti no inverno

A visita custa R$ 30 por pessoa, que você pode converter em desconto na compra dos vinhos da vinícola.

CONCLUSÃO
Acompanhar os vinhedos da vinícola, o visual proporcionado pelo passeio na propriedade, ver a produção quase artesanal dos vinhos e o cuidado levado desde o campo até a produção. Degustar os excelentes rótulos da marca e conhecer o terroir serrano é o que faz a visita a Villaggio Bassetti valer totalmente a pena. Inclua em seu roteiro!

Você já conhece a Villaggio Bassetti? Se sim, conte para nós o que achou, do contrário, visite e depois compartilhe sua opinião conosco e não deixe de nos acompanhar.