FALSO: Uma taça de vinho por dia não emagrece!

0

Você estava navegando pela internet, sem nenhum objetivo, até que pá. Uma amiga marca você naquela matéria superinteressante.

Ela diz que bebendo uma taça de vinho por dia você vai ficar magra e saudável. Magnífico, tudo o que eu sempre quis, certo? Errado.

Eu odeio muito ser essa pessoa, mas beber uma taça de vinho por dia antes de dormir não vai te fazer emagrecer. Não mesmo.

Como essa história começou?

Tudo começou com um estudo publicado em 2016. Nele, os pesquisadores diziam que um componente existente no vinho tinto poderia converter “gordura ruim” em “gordura boa”.

No estudo, foram analisados pequenos ratinhos, que eram alimentados diariamente com altas taxas de gordura.

Um grupo de ratinhos recebia apenas as gorduras, enquanto outro grupo de ratinhos – mais felizes e sortudos – ganhavam gordura e um pouco de resveratrol. O resveratrol é um composto antioxidante encontrado no vinho tinto.

Os ratinhos que recebiam o resverartrol ganharam 40% menos peso que os ratinhos que não ganharam resveratrol.

Logo, os cientistas se levaram a acreditar que o consumo de resveratrol pode aumentar a possibilidade do corpo humano de converter gordura branca em gordura bege, a boa.

Essa gordura ajuda a queimar os lipídios (a gordura que consumimos nos alimentos).

Aí veio o DailyMail e estragou tudo

O DailyMail é um jornal-tablóide inglês que cotidiano e a vida de celebridades. Comumente usam de técnicas de de “iscas” de internet – aquelas manchetes que você lê o título, parecem incríveis, mas são muito, muito ruins.

O DailyMail leu o estudo mencionado acima, e decidiu que ele merecia uma matéria focada apenas na palavra “emagrecer”.

Juntou 4 personagens que parecem ter saído de um seriado de comédia para servir de “testemunhas” para a história da matéria. Era o que faltava.

O artigo tornou-se viral e foi um dos links mais compartilhados no Facebook em 2016.

A partir daí, todos os veículos de comunicação e portais de internet fizeram a sua própria versão do “Uma taça de vinho por dia emagrece”. Foi daí que seus amigos começaram a te marcar nessa “notícia”.

Nela, 4 mulheres de meia idade, pousando com suas taças de vinho na mão, dizem ter emagrecido até 10kg por causa do vinho.

Joanna Kingston, 51 anos. Na foto ao lado, uma das “personagens” da matéria do DailyMail.

Ela afirma ter controlado o impulso em comer chocolate trocando o doce por uma taça de vinho tinto. “Tenho mais controle agora do que tinha antes”, diz a mulher.

  • Linda Monk, 47, diz que perdeu 3kg nas últimas semanas bebendo vinho (não parece aquelas iscas de internet que te redirecionam para sites estranhos vendendo programas de dieta?)
  • Já Samantha Merrit, 40, dá crédito ao vinho por ter perdido quase 10 kg.

O que você precisa saber

O essencial nessa história toda, é entender que o resveratrol, na verdade, faz parte de um grupo de antioxidantes maior, os polifenóis.

Eles são encontrados não só nas uvas, mas em qualquer fruta. Logo, se a sua intenção é aumentar a quantidade de polifenóis ingeridos, você estaria fazendo um trabalho muito melhor comendo mais frutas – e não bebendo mais vinho.

Outra informação importante é saber que a maioria dos polifenóis interessantes para o organismo é insolúvel, por isso, são filtrados durante o processo de produção de vinho.

Logo, você perderia o que realmente quer encontrar lá – os polifenóis. Você vai encontrar no vinho apenas uma fração dos polifenóis presentes na uva, por exemplo.

Você não precisa parar de beber vinho

Claro que não, né? Ninguém merece ser proibido de beber vinho. Segundo especialistas, o que você deve fazer é manter a tacinha única por dia.

Mas se quiser realmente adicionar polifenóis e resveratrol na sua dieta, deve consumir diariamente alguma fruta vermelha ou escura, como mirtilo, morango, framboesa, uva, maçãs e outras frutas coloridas.

Aos ratinhos, foi dado uma quantidade de resveratrol puro. Convertendo a quantidade para humanos, seria como se você conseguisse ingerir 325 ml de frutas líquidas. Não parece, mas é bastante coisa.

Uma laranja tem em média 70ml. Seria necessário consumir quase 8 maçãs para alcançar o mesmo nível de resveratrol que os ratinhos recebiam. Lembrando que na maça você consumirá açúcar junto. Os ratinhos não consumiam açúcar, o resveratrol era puro.

O professor da University of California, Marc Hellerstein, explica que o álcool sempre de ver visto com cautela por quem quer perder peso. “É como se ele tivesse um passe VIP para ser metabolizado pelo organismo.

Se o álcool aparecer e tiver que competir com algum alimento, ele passará a fila e será absorvido antes da comida, fazendo com que o que você comeu seja estocado no seu organismo em forma de gordura”, diz Marc.

Mas não é a primeira vez que a gente vê o vinho envolvido com milagres na perda de peso, certo? Você lembra quando todo mundo começou a compartilhar uma matéria que dizia que uma taça de vinho equivalia a um dia de academia?

Um outro estudo, de 2010, diz que a Universidade de Harvard fez uma pesquisa, publicada em 2010, na qual 20 mil mulheres de meia idade foram monitoradas durante 13 anos.

O artigo diz que as mulheres que bebiam meia garrafa de vinho por dia tinham 70% menos chance de “risco de obesidade”, se comparadas com as que não bebem.

O que as reportagens não citam, intencionalmente, é que o estudo original, diz que TODAS AS MULHERES GANHARAM PESO durante os 13 anos de pesquisa.

Porém as que bebiam meia garrafa de vinho por dia, ganharam menos. O que é bem diferente de emagrecer com uma taça de vinho por dia.

Vale lembrar também que o estudo, na verdade, não separava o vinho de qualquer outro álcool. Logo, o que as mulheres beberam a gente nunca vai saber. Pode ter sido cerveja, vinho ou pinga.

A conclusão do estudo foi a seguinte:

“Comparado com as que não bebem, inicialmente, as mulheres de peso normal que consumiam de forma moderada álcool ganharam menos peso do que as que não bebiam, e tinham menos chance de se tornarem obesas nos 13 anos de pesquisa.”

Resumo

O final da ópera diz que na verdade, não há estudo nenhum que comprove os benefícios do vinho na perda de peso. O estudo original foi totalmente distorcido da intenção original, e o DailyMail pegou apenas as partes interessantes e o retratou como uma possível verdade. E você sabe como funciona a internet – se está lá, é porque é verdade. Ou a famosa “uma mentira repetida várias vezes vira uma verdade”.

GOSTOU DA NOSSA POSTAGEM? CONTA PRA MIM AQUI EMBAIXO:

Sobre o Autor

Enófilo certificado com mais de 7 anos de litragem. Fã do vinho nacional e entusiasta da ideia de que beber vinho não precisa de taça de cristal. Redator Especialista para Enocultura e Gastronomia.

Cadastre-se e Aprenda sobre Vinho Grátis!
Toda semana você recebe as melhores aulas e postagens de forma gratuíta no seu e-mail! Sem pagar nada por isso.
CADASTRAR
Aproveite! Em breve nossos cursos serão exclusivos para assinantes!
close-link

Mais vinho, por favor!

Assine
e receba
GRÁTIS
dicas sobre vinhos

Divirta-se com uma taça!
ASSINAR
close-link
ASSINAR O BLOG
Shares
Share This