Quanto Tempo o Vinho Dura Depois de Aberto?

0

Você está em casa sozinho ou com uma companhia que não é muito chegada ao vinho, a vontade de abrir uma garrafa é grande mas o medo de desperdiçá-la faz com que você desista da ideia, não é? Eu passo por isso até hoje. Aí você pensa em por o vinho na geladeira, mas não sabe se isso vai funcionar, né?

To GO WITH AFP STORY BY RANA MOUSSAOUI

E aí começam as dúvidas, dá para guardar ou não dá? Fica igual? A qualidade é a mesma? Por partes eu vou responder cada uma.

O vinho é um organismo vivo e como todo organismo vivo ele evolui até a morte, simples assim. Assim que o vinho é aberto e entra em contato com o oxigênio ele está em estágio acelerado de evolução. Quando fechado, em estágio lento de evolução. Por isso um vinho pode demorar anos até chegar ao seu auge, já guardadinho lá na sua adega.

Claro que depende muito do tipo de vinho. Por exemplo, tem gente que afirma que o vinho do Porto pode ficar meses aberto que não perde as suas características, isso se deve a quantidade de açúcar presente, já que o vinho do Porto é um vinho licoroso, extremamente doce. Mas você não vai querer fazer isso com qualquer vinho.

E o vinho na geladeira?

A regra geral é que você os consuma em até 3 dias, fora isso, o vinho pode oxidar, perder suas características originais e demonstrar um resultado totalmente diferente daquele que mostrou no momento em que você o consumiu pela primeira vez.

O fato é que até horas depois de aberto o vinho pode se deteriorar, isso vai variar também da qualidade do vinho que você está tomando e como ele foi acondicionado até o momento em que você o abriu (temperatura, abrigo de luz, etc).


geladeira

Tinto de corpo médio: Pinot Noir, Cabernet Franc, Zinfandel.
Tinto encorpado: Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot.

DICA
Uma boa dica para reconhecer os vinhos mais propensos a oxidarem mais rápido na geladeira é perceber a intensidade de sua cor. Coloque contra-luz e perceba a quantidade de luminosidade que atravessa o líquido. Quanto mais denso, opaco e menos luz você enxergar, mais tempo ele deve aguentar na geladeira. Quanto mais “transparente” e mais luz atravessar o líquido, menor deve ser a sua força na geladeira.

Como conservar o vinho depois de aberto?

Você não precisa jogar o resto do vinho não consumido fora, se você usar as dicas abaixo, vai perder muito pouco do seu vinho se consumido em tempo adequado.

8 dicas para você conservar o vinho sem perder a qualidade (a 8 é a mais importante!)

  1. Para vinhos abertos, você pode conservar na geladeira, é o melhor lugar, longe da luz e do calor;
  2. Evite colocar na porta da geladeira, pois ela está quase sempre em movimento e sempre agitando o vinho, o que não é legal;
  3. Sabe aquela garrafa de vinho baby que você ganhou de souvenir de um amigo? Você pode colocar o resto do vinho nessas garrafas menores. Quanto menos espaço para oxigênio dentro da garrafa, melhor;
  4. Vinhos abertos NÃO DEVEM FICAR NA HORIZONTAL! A regra da dica anterior é válida aqui também. Se você colocar o vinho deitado, ele terá uma maior superfície em contato com o oxigênio que já está dentro da garrafa;
  5. Existem diversos produtos que prometem um melhor resultado para vinhos abertos, já utilizei alguns, o mais curioso é o Winesave, um gás colocado dentro da garrafa, o Argônio é puro e sem cheiro e mais pesado que o oxigênio e funciona como uma “camada protetora” entre o oxigênio e o resto do vinho. Não precisa nem de rolha;
  6. Coloque a rolha novamente de modo correto. Eu sei que é tentador colocar a rolha com o lado limpo para dentro da garrafa, mas você deve dar preferência ao lado que já está manchado. Ele já esteve em contato com o vinho e está mais “compacto”, enquanto o outro lado pode estar poroso e facilitar a entrada de oxigênio;
  7. Uma ótima dica para quem deixa o vinho aberto dentro da geladeira é retirá-lo um pouco antes de consumir novamente e aquecê-lo em água morna. Mas a água não pode estar muito quente, apenas um pouco acima da temperatura ambiente, caso contrário você pode arruinar seu restinho de vinho, ok?
  8. Se você já sabe que vai consumir meia garrafa, sirva a taça e feche a garrafa com a rolha. Repita esse ritual a cada taça servida. Quanto menor o tempo de contato do vinho com o oxigênio, melhor.

Cuidados de acordo com cada tipo de vinho

  • Espumantes: Existe um dispositivo chamado Bottle Stopper, uma rolha de borracha com braçadeira que promete deixar seu espumante como novo por até 3 dias, mas a gente recomenda a você que convide um amigo e acabe com a garrafa toda, afinal de contas a vida é muito curta para guardar espumante;
  • Vinhos tintos: são em geral os que mais duram. Os leves (como Pinot Noir) podem ficar abertos até um ou dois dias no máximo, depois já perdem a qualidade. Enquanto os intensos e de bom corpo podem ficar abertos até três dias;
  • Vinho branco: no máximo um dia e guardar em um ambiente bem gelado;

Formas de armazenar o vinho em casa

  • Adega subterrânea: é um dos melhores lugares para se armazenar vinho em casa. Se você tiver, ótimo!
  • Adega improvisada: Se você não quer gastar muito com uma adega subterrânea, pode improvisar utilizando um armário que não use muito e colocá-lo na parte mais isolada da casa. Para ficar bom mesmo você pode substituir a porta por uma de aço. É uma boa solução para quem bebe vinho frequentemente mas ainda não está em tempo de investir em uma adega climatizada;
  • Geladeira: É o lugar mais óbvio, certo? Certo! Se você não for um orgulhoso proprietário de uma adega climatizada e estiver enfrentando o calor brasileiro do verão, é uma boa opção! Muito cuidado para não deixar os vinhos na porta. Se tiver uma geladeira em casa só para essa função, configure para o modo “inverno” mesmo no verão, ou seja, a menor potência possível. O consumo de energia vai baixar e seu vinho estará seguro!

Não esqueça de conferir a nossa matéria sobre temperatura ideal para servir cada tipo de vinho, assim você não vai fazer feio na hora de receber as visitas!

Quer ficar por dentro e ver mais postagens do blog e acompanhar nossa comunidade? Curta a gente no Facebook!

Sobre o Autor

Finalista da copa Vinhos do Brasil 2014 realizada pelo IBRAVIN. Colaborador da revista Clube do Champagne. Wine-junkie certificado. Passo meus dias entre vinhedos, escritórios e mesas de bar. Tin-tin!

Nenhum comentário

Cadastre-se e Aprenda sobre Vinho Grátis!

Toda semana você recebe as melhores aulas e postagens de forma gratuíta no seu e-mail! Sem pagar nada por isso.
CADASTRAR
Aproveite! Em breve nossos cursos serão exclusivos para assinantes!
close-link

Mais vinho, por favor!

Assine
e receba
GRÁTIS
dicas sobre vinhos

Divirta-se com uma taça!
ASSINAR
close-link
ASSINAR O BLOG
Shares
Share This